quinta-feira, 21 de abril de 2011

A última Ceia


Nos evangelhos a Última Ceia foi a última refeição compartilhada por
Jesus com os doze apóstolos antes da  sua morte e ressureição.


Durante a Última Ceia, e em referência específica ao tomar o pão  e o vinho, Jesus teria dito aos seus discípulos, "Façam isso em memória de mim".


A Última Ceia ocorreu na véspera da morte de Jesus. O Novo Testamento narra que Jesus pegou no pão em suas mãos, deu graças e disse aos Seus discípulos: "Este é o meu corpo que será entregue a vós". Do mesmo modo, ao fim da ceia, Ele pegou o cálice em suas mãos, levantou ao alto e disse aos seus discípulos: "este é o meu sangue, o sangue da vida que será derramado por vós."

Saudações

11 comentários:

  1. Sabem o ke e mais curioso neste quadro,é ke na bíblia dez ke jesus Cristo bebeu vinho na sua ultima ceia e neste quadro não há nem uma taça desse tal vinho.
    estranho não?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. assistiu muito codigo da vinci

      Eliminar
  2. Neste quadro apresenta maria madalena que estava gravida de jesus e que representa a sua linhagem como e possivel??
    Maria madalena nao podia estar gravida de jesus que nestre quadro apresenta a femenilidade entre ela e ele, pois era um insulto para o culto do vaticano que diz e rediz que jesus é imortal por ter ressureitado sobe pôncio pilatos.
    E que se isso for verdade alterará muito as igrejas catolicas sobe este acto da gravidez de maria madalena antes de ele morrer na cruz.
    Nesse modo jesus será mortal ou imortal?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria Madalena é mulher de Jesus, tiveram relações sexuais. O quadro foi alterado pela igreja.

      Eliminar
  3. e sinples assim ele pode ser marido maria madalena e assim ser divino mas mero ortal

    ResponderEliminar
  4. Isso é uma pintura de um homem que não faz a minima idéia, assim como eu e você, de como foi a última ceia. Ele desenhou o que ele imaginou e no que ele acreditou. Impossivel ser Maria Madalena ao lado dele. Na bíblia está bem claro quem são os doze discipulos de Jesus e em nenhum momento Maria Madalena foi citada como sendo discipula.

    ResponderEliminar
  5. é voce ta se esquecendo q a biblia depois de tantos anos pode ter sido alterada ,por interesse da igreja católica para q acreditássemos q ela nao estava na ultima ceia.
    Concorda?

    ResponderEliminar
  6. Então no caso , quando Jesus diz : "esta é o meu sangue", ele está fazendo referência ao fato de Maria Madalena estar gravida dele, ou isso é pura invenção da igreja? a tempo eu já tinha me convencido que a bíblia é invenção humana, e minhas recentes pesquisas chegaram a este quadro de da Vinci, que acredito ser uma profunda referencia ao sagrado feminino.

    ResponderEliminar
  7. A pessoa á direita de Jesus é Maria Madalena, e de acordo com evangelhos originais e inalterados, não foi a Pedro que Cristo deu instruções para fundar a Igreja Cristã, foi à Maria Madalena. O espaço em forma de ''V''entre Jesus e Maria,representa o símbolo feminino, que é o Cálice. O cálice lembra o formato de um útero feminino, esse símbolo transmite a idéia de feminilidade, maturidade da mulher e fertilidade. A Lenda diz que o Santo Graal é um cálice - uma taça. Mas a descrição do Graal como cálice na verdade é uma alegoria para proteger a sua verdadeira natureza, ou seja, a lenda usa o cálice como metáfora para uma coisa muito mais importante. - Uma mulher. O Graal é literalmente o símbolo antigo da feminilidade, e o Santo Graal representa o sagrado feminino e a deusa, o que, naturalmente, se perdeu nos dias de hoje, praticamente eliminado pela igreja.Se invertemos Maria Madalena de lugar na imagem, e colocarmos ela á esquerda de Jesus, ela estará deitada no ombro de Cristo. '' E a Companheira do Salvador é Maria Madalena. Cristo amava-a mais do que a todos os discípulos e costumava beijá-la frequentemente. O restante dos discipulos ofendia-se com isso e expressava sua dasaprovação. Diziam a ele: Por que tu a amas mais do que a nós todos?''

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. concordo plenamente. Alias, basta ler pelo menos o livro, O Codigo Da Vinci, e ficamos com uma ideia do que realmente é o Santo Graal. Tantos seculos depois e a igreja continua a incobrir todo este misterio. Teria sido mais facil se o Imperador Constantino se mantivesse fiel tentasse fortificar os prostestantes, tal como ele era, e nao dar "asas" a quem acredita em mitos. Jesus foi um grande homem sim e fez coisas maravilhosas. Mas nao passava de um mortal ou entao nao morreria, resuscitava e voltava a desaparecer. Eu nao me incomodo com Jesus ter casado mas todos nos teria-mos sido poupados à ignorancia se nao fosse o orgulho de um imperador em manter Roma unida sem uma batalha.

      Eliminar